Compartilhe
Ir em baixo
marcos_mayora
marcos_mayora
Promissor
Promissor
Masculino Touro
Número de Mensagens : 133
Reputação : 0
Idade : 32
Data de inscrição : 21/10/2008
Localização : Porto Alegre-RS

Last Days - Chapter One Empty Last Days - Chapter One

em Qui Jan 15 2009, 01:27
Last Days - Chapter One
-Encontro-


O mundo é repleto de valores. Para aqueles com os quais você escolhe se importar, deve haver um peso diretamente proporcional influênciando a sua vida. E no dia que sua fé for testada, esteja pronto para pagar... mesmo que custem o resto de sua eternidade como um ser...

________________________________________________________________________________



Sempre esperei algo mais da vida. O ser humano sempre é tão mesquinho. Competitividade. Ficar rico, mesmo que passando por cima de alguém que outrora fora considerado um amigo parece uma coisa normal neste mundo. O amor por aqui não passa de uma troca de interesses e favores... Realmente, realmente sempre esperei mais desse mundo, dessas pessoas, destes seres...

[Porém, quem buscar a fundo algo, sempre encontrará]

Em uma noite de outono da qual o frio fora o menos marcante. Ainda lembro bem das folhas sendo arrancadas pelo vento e se despedaçando pelo ar...

Suzuki: Vinte e três horas, quarenta e três minutos... Não desejo retornar para casa...

E enquanto conversava comigo mesmo sobre o desejo de não retornar a rotina imposta a mim (e a tantos outros), percebi algo que fugia totalmente da realidade. Da minha realidade ao menos. Ela estava cercada por quatro homens. Digo homens porém não posso afirmar, uma vez que eram pessoas (sé é que posso afirmar que eram pessoas também) com uma bata escura e capuzes que cobriam totalmente seus semblantes. Não sei por qual razão minhas pernas se moveram, mas eu precisava averiguar aquilo. De perto. Muito perto. Perto... Perto dela. Sim. Agora eu sei porque minhas pernas se mexeram sem aparênte razão. Ela precisava de mim.

Minhas pernas não tremeram. Minha voz nao fraquejou nem mesmo por uma única silaba. Perto dela, comecei a sentir como se eu finalmente fizesse parte de algo maior. E mal sabia eu que por vontade dela mesma.

Suzuki: Ei, algum problema? Não são comuns fantasias esta época do ano,e nem a garota parece estar se divertindo com elas.

Homem de capuz: Quieto garoto, suma se da valor a sua mediocre e insignificante existência como um ser!

Valor. Valores. Peso. Importância... Minha vida? Nunca foi algo com que tive muito apego. Porém, injustiça? Nunca pude suportar isto desde criança. E ali presenciava tal ato que me repugnava. Ela indefesa. Eles, quatro, e de grande porte. Não impora. Não ligo para minha vida, mas não permito injustiça. Sim, valor. Valores. Peso. Importância.

Suzuki: Prefiro ficar. Você não precisa saber de meus valores, porém há algo mais dentro de mim além de apego a tal dita mediocridade da vida...

Vieram para cima de mim. Havia algo que parecia uma foice. Não lembro, apaguei...

[Possuido ele fora por um desejo incondicional de justiça. Um desejo um tanto quanto grandioso. E assustador. Um sorriso irônico tomou sua face. Como alguém que desejava tudo aquilo, fez uma chuva de sangue contra aqueles que iam contra a justiça, erá rápido como um trovão e suas mãos pareciam cortar como a mais afiada lâmina. Então novamente aquele demônio da justiça adormeceu]

Acordei nos braços dela. As folhas despedaçadas de outono agoram eram coloridas por um vermelho intenso. Não so as folhas. Meu corpo também.

Suzuki: O que Houve? Onde eles estão. Arrrrgh, meu corpo... dói... Esse sangue...

Hana: Está tudo bem. Finalmente te encontrei.

E pela minha face suas mãos deslizaram e então adormeci novamente. E assim, minha realidade fora completamete mudada. No dia em que a conheci, meu valores foram postos em prova.

________________________________

Last Days - Chapter One Marcos_Mayora


   
Agá
Agá
Esforçado
Esforçado
Masculino Sagitário
Número de Mensagens : 633
Reputação : 17
Idade : 30
Data de inscrição : 24/11/2008
Localização : ♥ Tiffy Eternal Lover ♥

Last Days - Chapter One Empty Re: Last Days - Chapter One

em Qui Jan 15 2009, 06:37
Eu lembro de ter lido essa ^^
Mas infelizmente não foi terminada né senhor Mayora u.ú/

Gostei do teu estilo de escrever, mas não sou muito fã desse modo de fala, acho que o bom e velho: "- fala - disse tal pessoa enquanto preparava seu café" mais bonito no texto, fica mais harmonioso, mas fora isso tá otimo sim ^^

________________________________

Last Days - Chapter One Gjessica

Last Days - Chapter One 126657ADS 01#
Raph
Raph
Médio
Médio
Masculino Câncer
Número de Mensagens : 1356
Reputação : 17
Idade : 24
Data de inscrição : 10/01/2009
Localização : Rio de janeiro

Last Days - Chapter One Empty Re: Last Days - Chapter One

em Qui Jan 15 2009, 08:45
otimo texto
Lunática
Lunática
Promissor
Promissor
Feminino Sagitário
Número de Mensagens : 399
Reputação : 0
Idade : 27
Data de inscrição : 19/11/2008
Localização : Rio Grande do Sul
http://www.fotolog.com/lunaticapj

Last Days - Chapter One Empty Re: Last Days - Chapter One

em Qui Ago 06 2009, 02:32
Deu vontade de ler mais :~

________________________________

"Normalmente me disfarço em linhas feitas pra pensar."
Bio
Bio
Esforçado
Esforçado
Masculino Número de Mensagens : 539
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/10/2008
Localização : Santos - Skacity - SP

Last Days - Chapter One Empty Re: Last Days - Chapter One

em Qui Ago 06 2009, 09:11
Gostei, May! Mas acho que poderia restringir mais a personalidade dos personagens através das falas.

Todos eles são muito eloqüentes, parece que saíram de Harvard. Que tipo de vilão diz: Quieto garoto, suma se da valor a sua mediocre e insignificante existência como um ser!

Até porque você "termina" o texto com um banho de sangue, então pode tornar os diálogos mais sombrios / agressivos.

Outra coisa que era bom trabalhar são os ganchos. De certa forma, uma explicação "extrasensorial" é menos interessante do que uma baseada na personalidade do personagem. Exemplos:

Batman: é podre de rico e tem um cinto de utilidades quase infinito, mas é motivado pela morte dos pais nas mãos de um vilão (muitas vezes retratado como o próprio Coringa).

Homem-Aranha:
tem super-força, agilidade, o sentido de aranha, mas encontra na morte do seu tio a vontade de combater o crime.

Isso faz o leitor se identificar, pois são situações que podemos encontrar no dia-a-dia.

Um exemplo negativo disso? O Hulk, que só tem motivação na própria raiva aliada à radiação gama. Isso explica porque tanta gente vê no Batman e no Homem-Aranha espelhos e no Hulk uma besta verde. "Hulk esmaga" definitivamente não é um bom gancho. Razz

~*~

Um gancho que seria legal para o seu personagem (e fácil de explorar mais pra frente) seria uma espécie de bipolaridade, que aliada aos 'poderes' que ele acabara de receber, teria que ser treinada para ser usada de forma correta.
É o tipo de coisa que cria identificação e ainda dá uma carga moral sem parecer piegas. Imagina um capítulo desse teu livro com o moleque achando uma HQ do Amigão da Vizinhança e lendo: "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". Seria genial.

No mais, gosto do teu jeito de escrever e acho que você deveria levar adiante!

Ps.: Só dei opiniões verdadeiras pq sei que tu me dá liberdade pra isso! :*
Conteúdo patrocinado

Last Days - Chapter One Empty Re: Last Days - Chapter One

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum